terça-feira, 28 de junho de 2011

O FIM DA ATLÂNTIDA...

A época de ouro dos atlantes havia chegado ao fim. As novas gerações, movidas pela ambição e arrogância, intensificaram o ódio entre as duas raças rivais - branca e vermelha -, agravando a guerra liderada por Gadeir e Atlas, que levou ao desfecho apocalíptico da Atlântida, narrando aqui de forma eletrizante. Os magos negros de ambas as raças decidiram então utilizar-se do quinto elemento, através da força inversa do Vril, para deflagrar intensos duelos, enquanto os exércitos convencionais lutavam homem a homem, nos campos de batalha.
Em Atlântida - no Reino das Trevas, percebemos que nada foge ao controle onipresente de Deus. Que tanto a luz, como as trevas, trabalham em seu Augusto Nome, promovendo o progresso espiritual da humanidade. São apenas as duas faces de uma mesma moeda.
(* Excelente livro, psicografado pelo respeitável Roger Bottini Paranhos, EDITORA DO CONHECIMENTO)
http://www.universalismocristico.com.br/

Nenhum comentário:

Postar um comentário