quarta-feira, 10 de setembro de 2014

"ITAPORÃ, ÍNDIO GUERREIRO"

No Brasil, os índios, juntaram-se aos negros no credo: Brogotá, Itaporã e Tupinamba são alguns dos índios cultuados nos rituais afro-brasileiros, conhecidos como espíritos de muita força e a quem recorrem com muita fé os brancos, amarelos e mestiços. Além de seu riquíssimo universo espiritual, os índios vivem em total simbiose com a natureza, respeitando-a por reconhecê-la senhora de sua qualidade de vida. Desde que o trabalho se intensificou, na Federação Espírita do Estado de São Paulo, FEESP, os Cruzados buscam a ajuda das Correntes Indíginas, que desde o princípio, haviam se tornado colaboradoras atentas à limpeza psíquica. Assim, essas correntes procuram impedir os desajustes ou a infiltração de entidades que pudessem perturbar a ordem do trabalho daqueles que lutavam por um mundo melhor. Por isso, recebemos também o apoio inestimável das Correntes de ITAPORÃ, com uma equipe de cinco mil acompanhantes, e de Brogotá, com dois mil companheiros, que se mantém vigilantes na proteção e na manutenção da ordem.




Nenhum comentário:

Postar um comentário